ReImaginando a vida

Depois de um longo inverno, estou finalmente aqui sentado em casa com uma tarde de sábado totalmente livre, que bênção, depois de vários sábados agitados com muita coisa legal, ter um sábado para ficar em casa, ler e depois meditar bastante. Isso é de uma importância sem igual.

Resolvi continuar a leitura do livro de Brian Walsh e Sylvia Keesmaat sobre Colossenses (link ao lado) e me deparei sobre um termo que já vi muito e achei uma boa hora para refletir mais sobre isso, nossa imaginação, isto é, quando pensamos a vida, quais elementos encontramos? Infelizmente, à medida que somos assediados a todo instante por propagandas na TV, banners dos sites, 99% dos e-mails que chegam a você (estou começando a achar que o e-mail pessoal chegou ao fim), jingles nas rádios, cartazes na rua e até propaganda de igrejas, passamos a pensar que a vida é isso: o que nos separa da felicidade é R$ 20.000 a mais de salário no mês.

O interessante é pensar que quando Jesus chegou e começou a falar às pessoas ao seu redor, começou falando do “Reino dos céus”, ou “O mundo como Deus pensou”, isto é, começou a traçar um ambiente em que as regras são diferentes que as regras desse mundo tão competitivo e consumista que vivemos, dessa forma, quando ouvimos que Cristo é tudo que precisamos, não parece ser algo tão viajante assim. E essa é nossa missão, ReImaginar nossa vida, ReImaginar nosso mundo, limpar nossa imaginação de toda essa sujeira que nos assedia a cada momento que vem acompanhado com uma tremenda ansiedade por não ter o que se vende e viver a possibilidade dessa vida que Jesus nos convida a viver. Como ela seria? Como seria uma vida em que você não precisasse defender sua reputação com as marcas que você usa, com sua agenda super-lotada, ou com os cargos que você tem ou sonha acrescentar abaixo no seu cartão de visita? Como seria uma vida em que você pudesse assumir suas fraquezas (ao invés de escondê-las) e deixar que outros o ajudem com elas? Como seria uma vida em que você pudesse acolher outras pessoas sem desconfiança e conspirar com elas para fazer aquilo que Deus realmente sonha?

2 respostas para “ReImaginando a vida”

  1. seria uma vida muito boa imagino que só no ceu vamos viver essa vida sem desconfiança das pessoas.muito bom esse texto luiz

    1. Valeu Wesley, a comunidade que Jesus deixou já vivia essa realidade, não que a gente passe a confiar em todas as pessoas do mundo, mas o amor de Jesus nos dá condições de termos pessoas de Deus ao nosso lado em quem podemos confiar, podemos viver isso hoje! Desfrute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *