Fechei o banco

Em novembro de 2008, no começo desse blog versão WordPress, estava anunciando o Banco de Agitos, era um site para depositar idéias para o trabalho com jovens e discutir esse ministério tão sensível e importante, pois é, fechei ele!

Estava se aproximando o pagamento da anuidade, e pelo andar do site, não estava compensando pagar uma grana para mais um ano do mesmo. O site evidenciava duas realidades bem gritantes: primeira, tem muita gente entrando para trabalhar com sua turma de jovens sem ter a menor idéia do que fazer com eles, e quando entram à medida que vêem o ânimo do pessoal indo por água abaixo, vão em busca do que vier para salvar o trabalho do ano, como falei da outra vez, é até constrangedor ver tanta gente desesperada em tentar alcançar sua turma e sem tanto amparo sério e consciente da liderança da igreja.

Só que me pareceu que o pessoal só estava a fim de consultar para ver o que tinha de novo, embora tivesse colocado formas de participação, para agregar mais idéias, ninguém se dispôs a ajudar nisso, o fórum permaneceu intocado e me pareceu que não compensa manter essa estrutura toda para esse perfil. Enquanto não tiver um pessoal me ajudando nisso e outras coisas não terei condições de manter algo assim, o domínio continua meu e os arquivos continuam no backup, quem sabe mais tarde.

Esperança Viral

Como já compartilhei aqui, ano passado, fui convidado pelo JR Woodward, de Los Angeles,  a compartilhar boas notícias do Reino de Deus às pessoas da minha cidade. Foi, no geral, um trabalho fantástico, que envolveu pessoas de várias partes do mundo compartilhando vários pontos de vista a respeito do Reino de Deus.

Esse trabalho foi compilado em um livro, seu nome é Viral Hope e já foi disponibilizado a venda na Amazon e em outras livrarias americanas.

O livro foi muito bem coordenado pelo JR Woodward, e foi prefaciado por Scott McKnight, com recomendações de Andrew Jones, Alan Hirsch e Alan Roxburgh entre outros e reflexões de David Fitch, Christine Sine, Jason Clark entre vários outros além da minha pequena participação, fazer parte de uma equipe destas foi uma grande honra.

Escrevendo sob demanda

Comparado ao que escrevia antes, coisa que dá para ver facilmente no meu blog antigo, e ao que tenho escrito recentemente neste blog, dá para ver que minha rotina mudou bastante. De qualquer forma, não deixei de atualizar o Twitter, acho que essa deve ser mesmo uma tendência geral, de se mandar recados rápidos pelo Twitter e, quando você está a fim de escrever mais, voltar ao blog.

Ironicamente, em um momento em que comecei a escrever bem menos, comecei a receber convites para escrever como “blogueiro convidado” como você pode ver nos posts “meu dia de boas notícias” e “correndo como uma prática espiritual“, não foi tão difícil para mim escrever, uma vez que tinha a motivação de fazer parte de um trabalho maior, que foram as séries promovidas pelo JR Woodward e a Christine Sine, e também pois tinha uma proposta para o que teria que fazer, foi aí que tive a idéia de promover uma série pelo Renovatio Café, convidei um pessoal muito legal para escrever uma “Carta à igreja do Brasil”, boa parte deles respondeu muito positivamente à proposta e passamos o mês de setembro com reflexões bem diversas e muito interessantes a respeito de vários tipos de visões sobre a igreja no Brasil e sonhos sobre o que esperam que aconteçam com a igreja, uma vez que nós como cristãos fazemos parte dela.

Ontem mesmo eu postei minha reflexão concluindo toda a série, convido você a dar uma olhada, aproveite e veja tudo o que rolou neste mês. Fiquei muito contente com o resultado, ficou realmente muito bom!

Banco de Agitos

No começo do Renovatio Café, o Ricardo Oliveira nos ajudou publicando um artigo bem interessante sobre como montar uma programação para jovens e adolescentes. O artigo tem sido um dos mais visitados, buscados e comentados na história do site, um número até constrangedor de gente apareceu pedindo dicas e dinâmicas para programações com jovens e adolescentes. Como o scopo do Renovatio Café tem sido mais de reforma do que se tem visto e repensar os métodos da igreja hoje, não poderíamos redirecionar o site para começar a publicar dinâmicas para adolescentes e brincadeiras de acampamentos.

Como já me envolvi bastante nesse trabalho com jovens, já inventei bastante coisa pra fazer com a moçada e decidi trabalhar em um site para atender essa “demanda”, então, desde agosto comecei a trabalhar com o Banco de Agitos, lancei o site como “Beta” como desculpa para lançar o site ainda não tão terminado como gostaria, tem sido difícil concentrar tanto tempo quanto gostaria para torná-lo realmente terminado. Mas pude fazer o mínimo que queria, colocar algumas dinâmicas e abrir o código da Caçada ao Outubro Vermelho, isso foi o que deu realmente trabalho, a caçada é um pouco complexa, e embora seja bastante difícil ensiná-la a fazer a gincana sem mim, uma programação realmente estruturada faz uma grande diferença. O site foi uma boa oportunidade para juntar tudo o que fiz nessa gincana até agora, eu sinceramente gostaria que meus filhos participassem de uma coisa assim, então, o material vai me servir como referência para um futuro próximo. Espero ter conseguido fazer bem esse trabalho.