Log da semana: a 39 semanas do IMB14

Comecei a semana com 95.7 kgs, o que acionou a luz amarela, me deu a impressão de que a semana havia sido perdida, ainda espero que os efeitos do treino comecem a queimar o excesso a esse médio prazo.

Fiz duas sessões de musculação, o que é um marco (!), não lembro de ter feito musculação duas vezes na semana, conforme post da semana passada, fortalecer é um dos objetivos também, só que devido ao agito para o niver do Pedro, acabei sem bike na semana. Resumindo:

7:05hs de treinos na semana: 1:36hs de musculação, 2:41hs de corrida e 2:48hs de natação.

Se os treinamentos do Rocky Balboa na Rússia (Rocky IV) e do Karatê Kid podem ser levados a sério, hoje deveria adicionar umas 4 horas de treino, isso devido às duas horas levando toda a comida e bebida do carro até o nosso quiosque no Parque Villa Lobos, e depois caminhando à medida que conduzia os convidados da entrada do Parque até nosso cantinho.  De qualquer forma, amanhã não vou treinar, o exercício hoje foi tão intenso que vou precisar descansar, e essa semana é a primeira semana de descanso e restauração, momento de pegar leve.

Log da Semana: a 40 semanas do IMB14

Completei 8:23hs de treino essa semana: 50 minutos de musculação, 2:40hs de natação,  3:03hs de ciclismo e 1:49hs de corrida. A agenda me atrapalhou fazer a segunda sessão de musculação da semana, as vezes penso em forçar horários na semana para cobrir estas faltas, mas isso mais atrapalham que ajudam, penso em progredir da forma mais natural possível.

Comecei a semana com 95.5kgs. Recebi um convite para participar de uma dupla para maratona de revezamento do Pão de Açúcar em 22/09, preciso então carregar mais na corrida a partir da próxima semana. Dois colegas tentaram me animar para o long de Pirassununga em novembro, mas ainda não dá para decidir, de qualquer forma vou ajustar o treino para, pelo menos, deixar essa porta aberta.

Primeiro checklist

Imagem

Passado o primeiro impacto da inscrição, chega a hora de pensar os primeiros passos, essa prova exige uma logística bastante eficiente, então preciso de um bom planejamento. A princípio pensei em algumas prioridades:

  • Descansar (já feito) – tirei férias dos treinos, quando viajei, aproveitei as sessões de hidroginástica para minha volta a atividade física.
  • Perder peso – Isso se tornou uma prioridade, devo discutir mais a respeito em um próximo post.
  • Melhorar minha natação – depois que vi meu tempo piorar no último Troféu Brasil, vi que tinha que priorizar isso, passei a três sessões semanais de treino.
  • Fortalecimento – minhas sessões de musculação são feitas a muito custo de vontade, mesmo assim, acho que chegou a hora de fortalecer braços e pernas para aumentar minha velocidade
  • Arrumar alguns gadgets (já parcialmente feito) – arrumei um clip para minha bike, um óculos de piscina que não vaze (até agora a performance não está perfeita) e outras coisinhas, mas a lista ainda não terminou
  • Arrumar um treino – Preciso de algo bem estruturado para me basear durante a minha preparação para o IronMan, acho que até Outubro chego a uma boa conclusão.

Ia ter um semestre de treinos bem dedicados a um aumento gradual de volume, mas com uns convites que tenho recebido, talvez tenha que antecipar a preparação, talvez seja bom, mas ainda não defini nada.

Motivo de ferro para voltar

A primeira semana de junho começou com o aniversário da minha esposa e passou com várias perguntas em minha cabeça se iria ou não me inscrever para o IronMan, chegou o dia 6 de junho, fui a natação, já tinha falado com o professor como o pessoal tinha feito para treinar para essa prova lá, ele me perguntou na saída se iria fazer a inscrição e ainda não tinha tanta certeza disso, ele me falou que tinha total confiança de que conseguiria fazer a prova. Meus pensamentos já em revolução começaram a acelerar, pois já estava pensando muito no assunto.  Quando cheguei em casa, me arrumava para sair para o trabalho e minha esposa me perguntou se iria fazer a inscrição, falei que estava até pensando em ficar em casa para fazer a inscrição e tive a sugestão dela para ficar, trabalhar de casa e garantir a inscrição com uma internet mais sob controle.

Daí para frente os passos foram mais decisivos (todos já previamente planejados se essa hora realmente chegasse), liguei para o cartão antecipando o lançamento em um site do exterior, testei meu perfil nos sites de inscrição e aguardei chegar as 11:00 da manhã, coloquei meu communicator como ocupado e comecei a buscar o site para a inscrição, o site que o MundoTri tinha falado não saia do lugar, até que entrei diretamente no site do IronMan Brasil e parei no site do Active.com, comecei a colocar minhas informações e um mundo de perguntas totalmente inoportunas para o momento (Como você conheceu o site, se irá para Kona se tiver o tempo etc…), mandei processar e o CEP e estado estavam errados, tive praticamente de começar tudo de novo, a Helô me pegou tremendo extremamente concentrado na tarefa, até que corrigi as informações e tive a tela final, estava inscrito! 10 minutos depois, as inscrições se encerraram.

Demorou um dia inteiro para cair a ficha, passei muito tempo pensando no que tinha feito, agora teria um compromisso: Nadar 3.8 Km, pedalar 180 Km e correr 42 Km em Florianópolis dia 25 de maio de 2014, faltavam 352 dias, hoje faltam 284.

Continua…